Menu
  1. Home
  2. Ensino
    • Todos
    • Entrevista
    • FAA
    • FCEE
    • FD
    • FET
    • IET
    • IPCE
    • ISSSL
    • Prova académica
      Mais

      Sem conteúdo

      Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

      Anterior Próximo
    1. Ciência
      • Todos
      • CEJEA
      • CIPD
      • CITAD
      • CLIPIS
      • CLISSIS
      • COMEGI
      • Entrevista
        Mais

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

        Anterior Próximo
      1. Cooperação

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

      2. Emprego

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

      3. Cultura

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

      4. Publicações
        • Todos
        • Publicações
        • Monografias
        • Revistas
          Mais

          Sem conteúdo

          Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

          Anterior Próximo
        Social Links Search User Login Menu
        Tools
        Close
        Close

         

         

        "Os assistentes sociais estão habituados a trabalhar em contextos de emergência e com o imprevisto", refere a Professora Júlia Cardoso em entrevista ao canal Saúde+.
        Jorge Carvalho
        / Categorias: Ensino, ISSSL

        "Os assistentes sociais estão habituados a trabalhar em contextos de emergência e com o imprevisto", refere a Professora Júlia Cardoso em entrevista ao canal Saúde+.

        Na qualidade de presidente da Associação dos Profissionais de Serviço Social (APSS), a Prof.ª Doutora Júlia Cardoso, investigadora no Centro Lusíada de Investigação em Serviço Social e Intervenção Social (CLISSIS) e docente no Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa (ISSSL) da Universidade Lusíada, foi entrevistada pelo canal Saúde+, no âmbito da actual conjuntura de pandemia, declarada oficialmente pela Organização Mundial de Saúde, e das repercussões geradas no desempenho dos assistentes sociais.

        Ilustração — Entrevista realizada à Prof.ª Doutora Júlia Cardoso (© Saúde+).

        A referida professora destacou o papel de superação que os profissionais de serviço social enfrentam neste contexto marcado por profundas transformações, face à gravidade e abrangência das consequências da pandemia COVID-19. A docente reforçou a ideia de que a capacidade de adaptação e readaptação do assistente social, "[...] habituado a trabalhar em contexto de emergência e com o imprevisto [...]", não é, hoje, apenas um exercício necessário, mas revela-se como um desafio enorme para o incremento do quadro de características de polivalência que o profissional deverá possuir.

        A Professora Júlia Cardoso alertou, ainda, para a escassez de recursos e mecanismos que visam a protecção dos profissionais no terreno, mantendo a expectativa de maior apoio por parte do Estado português.

        Artigo anterior Lusíada celebra o primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa.
        Artigo Seguinte Podcast "Um livro num minuto", com a Professora Filipa Pais d’Aguiar.
        Imprimir
        90 Avalie este artigo:
        Sem classificação
        Jorge Carvalho

        Jorge CarvalhoJorge Carvalho

        Editor e repórter fotográfico

        Outros posts de Jorge Carvalho
        Contato do autor Biografia completa

        Biografia completa

        Nas Universidades Lusíada procuramos educar e formar homens e mulheres com um forte sentido de cidadania, comprometidos com os valores éticos, sociais, culturais e profissionais, contribuindo, através do ensino, da pesquisa e da divulgação científica, para o desenvolvimento sustentável da sociedade. Promovemos, assim, o desenvolvimento integral dos nossos alunos, preparando-os como pessoas, como cidadãos e como profissionais capazes de se integrarem no mundo do trabalho e intervirem na sociedade de forma equilibrada, com uma formação humanista, crítica e reflexiva, que coloquem a ciência e a técnica sempre ao serviço do homem, colaborando através dos conhecimentos adquiridos na Universidade para a construção de um mundo melhor, baseando-se no respeito dos valores humanos e das exigências da justiça.

        x

        Por favor faça login ou registe-se para comentar.

        Contactar autor

        x

        Recomendados

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

        Anterior Próximo
        «dezembro de 2021»
        segterquaquisexsábdom
        293012345
        6789101112
        1314
        Aula aberta — Responsabilidade social...

        Aula aberta — Responsabilidade social...

        Local do evento: Auditório 1 — Universidade Lusíada

        Ler mais
        151617
        Dias de Gerontologia na Lusíada — 8.as...

        Dias de Gerontologia na Lusíada — 8.as...

        Local do evento: Auditório 1 — Universidade Lusíada

        Ler mais
        1819
        20212223242526
        272829303112
        3456789
        «dezembro de 2021»
        segterquaquisexsábdom
        293012345
        6789101112
        13141516171819
        20212223242526
        272829303112
        3456789
        Back To Top