Menu
  1. Home
  2. Ensino

    Sem conteúdo

    Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

  3. Ciência

    Sem conteúdo

    Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

  4. Cooperação

    Sem conteúdo

    Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

  5. Emprego

    Sem conteúdo

    Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

  6. Publicações

    Sem conteúdo

    Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

  7. Eventos

    Sem conteúdo

    Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

  8. Campus
User Menu Search
Close
Os Espacialistas participam na exposição Playmode, no MAAT.
Rita Neto Marques
/ Categorias: FAA

Os Espacialistas participam na exposição Playmode, no MAAT.

"Playmode" é o título da exposição coletiva patente no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), até 17 de fevereiro de 2020, e que conta com a participação d'Os Espacialistas, coletivo artístico apoiado pela Universidade Lusíada.


No âmbito desta exposição, Os Espacialistas apresentam Tijolo Burro, "[...] uma espécie de jogo em construção, onde o lúdico e o lúcido trocam continuamente de lugar, ajudados por inúmeros jogos de linguagem. O prazer do jogo transforma-se no dever do trabalho. Jogar é trabalhar. Trabalhar é jogar. Jogar é aprender a criar e a construir a escola e a escala do corpo, no tempo e no espaço. 
É uma espécie de b(u)ilder game social, onde o corpo e o espaço se encontram num permanente jogo de imagens e escalas em colisão; onde as palavras ganham sentido de espaço e, e em conjunto com objetos e foto(s)sínteses, fazem aparecer narrativas/constelações múltiplas e simultâneas de vida e morte, linguagem e filosofia, arte e política, ciência e religião, história e arquitetura, educação e (agri)cultura, jogo e trabalho, corpo e quotidiano.

O Tijolo Burro espacialista é um animal doméstico rudimentar por vir, sujeito, desde a mais tenra idade, a tarefas de peso e de repetição que ativam a imaginação da memória. Muda de cor, escala, posição e função. É uma unidade mínima de construção artística, de natureza translúdica e transdisciplinar. É uma atmosfera cheia de curiosidades que encerra múltiplas vocações programáticas. É uma sobreposição arqueológica de espécies de espaços que vão do corpo à casa, da casa ao campo e à cidade, da rua à escola e a todas as espécies de espaços que construímos, pensamos e habitamos desde criança, onde os materiais ganham vida e falam com quem os interpela, a partir de jogos, palavras e histórias, guardados na memória intensificada de cada um.

É um jogo de arquitetura, com matérias, peças e regras de construção civil para todas as idades. É uma espécie de Corpo-Dominó.


O Tijolo Burro vai à escola para ser um jogo sábio, correto e magnífico de volumes bem dispostos sob a luz.
Neste jogo em construção, onde a forma da vida está na reação poética do gesto humano que transforma um tijolo de barro numa peça de jogo, quando perguntamos a qualquer tijolo o que quer ele ser (quando for grande), ele responde:
— Quero ser um tijolo burro, como aqueles que constroem a casa onde estou. 

O jogador é o trabalhador translúcido e bem-disposto do Futuro.
Os gestos são as ideias do corpo.

O corpo é o coletivismo em jogo.*"


Ao reunir os trabalhos de diversos artistas, a exposição oferece uma abordagem plural do jogo enquanto elemento transformador que se apresenta como via para a "[...] evasão à realidade, construção e transformação social, subversão ou crítica dos próprios mecanismos de brincadeira e jogo", pode ler-se na página web do evento.

 

*Texto d’Os Espacialistas.

Artigo anterior Lusíada assina convénio com a Datajuris.
Artigo Seguinte Os Espacialistas presentes na exposição Constelações II: uma coreografia de gestos mínimos.
Imprimir
38 Avalie este artigo:
Sem classificação
Rita Neto Marques

Rita Neto MarquesRita Neto Marques

Rita Neto Marques é editora e revisora no Departamento de Informação, Documentação e Internet da Universidade Lusíada, colaborando na redação e revisão de conteúdos.

Outros posts de Rita Neto Marques
Contato do autor Biografia completa

Biografia completa

Rita Neto Marques é editora e revisora no Departamento de Informação, Documentação e Internet da Universidade Lusíada, colaborando na redação e revisão de conteúdos.

É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e mestre em Ciências da Informação e da Documentação, área de especialização em Biblioteconomia.

x

Por favor faça login ou registe-se para comentar.

Nome:
Email:
Assunto:
Mensagem:
x

Recomendados

Sem conteúdo

Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

Anterior Próximo

Jazz e Música Moderna


«dezembro de 2019»
segterquaquisexsábdom
2526272829301
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345
«dezembro de 2019»
segterquaquisexsábdom
2526272829301
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345

Newsletter

Sem Tags para mostrar

Campi


Recursos


   Arquitectura do Saber
   Base Lusíada
   Repositório
   Revistas Lusíada

Contactos


   Rua Junqueira, 188 - 198
     1349 - 001 Lisboa
  09H00 - 18H00 (segunda a sexta)
  +351 213 611 500
+351 213 638 307
 info@lis.ulusiada.pt

Universidades Lusíada


Mais Lidas

Sem conteúdo

Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

Mais Recentes

Sem conteúdo

Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

 

Propriedade

 

Siga-nos

Termos de UsoDeclaração de Privacidade© Fundação Minerva - Cultura - Ensino e Investigação Científica | Universidades Lusíada, 2019
Para o Topo