Menu
  1. Home
  2. Ensino
    • Todos
    • Entrevista
    • FAA
    • FCEE
    • FD
    • FET
    • IET
    • IPCE
    • ISSSL
    • Prova académica
      Mais
      Anterior Próximo
    1. Ciência
      • Todos
      • CEJEA
      • CIPD
      • CITAD
      • CLIPIS
      • CLISSIS
      • COMEGI
      • Entrevista
        Mais

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

        Anterior Próximo
      1. Cooperação

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

      2. Emprego

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

      3. Cultura

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

      4. Publicações
        • Todos
        • Publicações
        • Monografias
        • Revistas
          Mais

          Sem conteúdo

          Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

          Anterior Próximo
        Social Links Search User Login Menu
        Tools
        Close
        Close

         

         

        4.º Simpósio Internacional de Network Science acontece na Universidade Lusíada, com a organização do CLISSIS.
        Rita Neto Marques
        / Categorias: Ciência, CLISSIS

        4.º Simpósio Internacional de Network Science acontece na Universidade Lusíada, com a organização do CLISSIS.

        Entre 21 e 23 de novembro de 2022, realizou-se o 4.º Simpósio Internacional de Network Science: redes sociais face aos desafios num mundo global, em formato on-line, numa organização conjunta do Centro Lusíada de Investigação em Serviço Social e Intervenção Social (CLISSIS), da Universidade Lusíada, e do Centro de Referência em Inteligência Empresarial (CRIE), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Brasil). O evento contou, ainda, com o apoio do Laboratório em Rede de Humanidades Digitais (LARHUD) do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento (SBGC).

        A coordenação científica, em Portugal, esteve a cargo do Professor Doutor Joaquim Manuel Rocha Fialho, investigador do CLISSIS, do Professor Doutor Duarte Gonçalo Rei Vilar, diretor do CLISSIS, e da Professora Doutora Inês Casquilho Duarte Martins, investigadora da mesma unidade orgânica, e, no Brasil, foi assumida pelo Professor Doutor Marcos Cavalcanti, diretor do CRIE, pelas investigadoras deste centro Doutora Valéria Macedo, Doutora Elaine Dias e Professora Doutora Larriza Thurler, bem como pela Doutora Ana Beatriz Duarte, da Universidade Federal do Rio de Janeiro

        Tendo como público-alvo analistas e investigadores de redes sociais, profissionais da intervenção social, estudantes de diversas áreas científicas, docentes dos vários níveis de ensino e profissionais de organizações sociais (empresas, ONG, municípios, etc.), oradores de Portugal e do Brasil refletiram e debateram acerca das tendências da Network Science (Ciência das Redes) e do impacto das redes sociais num mundo caracterizado e sustentado pelo crescente número de plataformas e de comunidades em rede.

        Ilustração 1: Professor Doutor Joaquim Fialho (© Fundação Minerva • Paulo Pinto, 2022).

        A primeira mesa temática do simpósio, intitulada "Dados, redes e advocacy em políticas públicas", reuniu representantes da academia e profissionais do terceiro setor, para os quais a análise de dados está no centro da produção de evidências que possam guiar a formulação de políticas públicas. A Dr.ª Íris Rosa, investigadora do Instituto Fogo Cruzado (Brasil), referiu que a aplicação que regista a ocorrência de tiros, inicialmente apenas no Rio de Janeiro, surgiu da necessidade de produzir dados que o poder público não regista. Já a Professora Doutora Teresa Rodrigues da Silva, diretora do Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa, da Universidade Lusíada, apresentou os resultados de um projeto de promoção de saúde desenvolvido em Cascais que mostrou a centralidade da participação da sociedade no processo decisório de políticas. Por fim, o Mestre Pedro Braga, investigador na área de Direito e GovTech do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS Rio), apresentou o projeto "Data for Justice", um software de inteligência artificial que está a ser criado em parceria com a Defensoria Pública do Rio de Janeiro para melhorar o serviço prestado por este órgão.

        No segundo dia, a sessão temática "Uso das redes sociais e a sua centralidade nas sociedades pós-modernas" contou com a participação da Mestre Débora Gomes Salles, do Doutor Josir Cardoso Gomes e do Professor Doutor Joaquim Fialho, que apresentaram investigações sobre as redes sociais. A Mestre Débora Gomes Salles partilhou os projetos do NetLab – Laboratório de Estudos de Internet e Mídias Sociais, da UFRJ, centrando-se na investigação realizada sobre como o YouTube privilegia o conteúdo da Jovem Pan (de extrema-direita) nas suas recomendações. O Doutor Josir Cardoso Gomes apresentou o Laboratório em Rede de Humanidades Digitais, do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), da UFRJ, e as ferramentas desenvolvidas por esta unidade de investigação, como o Twitter. Por fim, o Professor Doutor Joaquim Fialho partilhou os resultados do estudo "O uso das redes sociais e as competências digitais dos portugueses", publicado pelo CLISSIS, que contou com a coautoria da Doutora Valéria Macedo e da Doutora Elaine Dias. As reflexões desta sessão temática apontam para a relevância da interlocução entre a ciência das redes e as ciências sociais para se pensar o impacto das redes sociais no quotidiano e na política, assim como da necessidade de responsabilizar as grandes empresas de tecnologia pelo conteúdo que disseminam.

        Ilustração 2: Professora Doutora Inês Casquilho-Martins (© Fundação Minerva • Paulo Pinto, 2022).

        No último dia do evento, a sessão temática "Redes de conhecimento e desenvolvimento social" teve a participação da Dr.ª Ruth Pucheta, da Semear Internacional (Brasil), da Professora Doutora Sónia Guadalupe, da Universidade de Coimbra (Portugal), e da Professora Doutora Rosário Mauritti, do Iscte – Instituto Universitário de Lisboa (Portugal), que, com contributos distintos, conduziram a uma reflexão conjunta, da qual se destaca a importância das redes e da sua análise em diferentes contextos comunitários, como forma de suporte e motor de desenvolvimento das comunidades rurais, para a produção de bem-estar e redução das desigualdades sociais e territoriais, mas também a sua influência para a longevidade com qualidade de vida, para a capacitação de equipas de intervenção e para a elaboração de melhores políticas públicas.

        Este evento foi realizado no âmbito das atividades da unidade de investigação CLISSIS – Centro Lusíada de Investigação em Serviço Social e Intervenção Social, projeto com a referência UIDB/04624/2020, com o apoio financeiro da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P./MCTES através de fundos nacionais (PIDDAC).

        ____________________________________________________

        Nota 1: notícia elaborada com o apoio da Professora Doutora Ana Beatriz Duarte, da Professora Doutora Larriza Thurler e da Professora Doutora Inês Casquilho-Martins.
        Nota 2: imagem do banner – captura de imagem da sessão de Zoom (© Fundação Minerva • Paulo Pinto, 2022).

         

        página web calendário

        Artigo anterior Professora Michelle Lins de Moraes promove seminário dedicado à regulação e preços das casas, com o Professor João Gama.
        Artigo Seguinte 3.as Jornadas Sociais de Belém tiveram lugar na Universidade Lusíada.
        Imprimir
        313 Avalie este artigo:
        Sem classificação
        Rita Neto Marques

        Rita Neto MarquesRita Neto Marques

        Redatora e revisora

        Outros posts de Rita Neto Marques
        Contato do autor Biografia completa

        Biografia completa

        Rita Neto Marques é redatora e revisora no Departamento de Informação, Documentação e Internet da Universidade Lusíada.

        É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e mestre em Ciências da Informação e da Documentação, área de especialização em Biblioteconomia.

        x

        Por favor faça login ou registe-se para comentar.

        Contactar autor

        x

        Recomendados

        Sem conteúdo

        Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.Ocorreu um problema ao carregar conteúdo.

        Anterior Próximo
        «fevereiro de 2023»
        segterquaquisexsábdom
        303112
        Lusíada no Colégio Santa Doroteia — Lisboa.

        Lusíada no Colégio Santa Doroteia — Lisboa.

        Local do evento: Colégio Santa Doroteia — Lisboa

        Ler mais
        345
        6
        78910
        Prova pública de mestrado em Serviço...

        Prova pública de mestrado em Serviço...

        Local do evento: Sala 9F — Universidade Lusíada [Lisboa]

        Ler mais
        1112
        131415
        Prova pública de mestrado em Gestão — "O...

        Prova pública de mestrado em Gestão — "O...

        Local do evento: Sala 9F — Universidade Lusíada [Lisboa]

        Ler mais
        1617
        1819
        202122
        23242526
        272812345
        6789101112

        Próximos eventos Eventos RSSiCalendar export

        «fevereiro de 2023»
        segterquaquisexsábdom
        303112345
        6789101112
        13141516171819
        20212223242526
        272812345
        6789101112
        Back To Top